.

domingo, 26 de setembro de 2010

Amamentação!

Faz tempo que eu to querendo fazer um post sobre isso, mas acho que me faltava coragem, só de lembrar de tudo que passei me da vontade de chorar.
Passei a gravidez toda pensando na amamentação, as pessoas que acompanham meu blog sabem o quanto eu escrevia sobre isso. Confesso que no fundo eu tinha uma enorme ilusão de que o bebê já nascia, ia pro peito e mamava como um bezerrinho, simples assim. Muita mãe que consegue amamentar fala isso, é porque nunca passou pelo que eu passei, ta bem longe de ser assim. Para algumas é facil mesmo, mais isso infelismente não acontece com todas.
Desde o começo Pedro não pegou no peito, passou 3 dias sem mamar nenhuma gota de leite, só tomou soro, as enfermeiras me ajudaram muito, a pediatra e minha Obstetra, não não deu certo de jeito nenhum. Cada tentativa era um sofrimento, ele chorando porque estava com fome, não conseguia sugar e nem pegar meu peito, e eu super nervosa e chorando porque não conseguia amamentá-lo. Era muito dificil para mim ver meu filho com fome e não conseguir amamenta-lo, me sentia a pior das mães!  Eu ainda tentava tirar o máximo de leite que eu conseguia com a bomba e colocava no copinho pra ele tomar, pois assim pelo menos ele tomava um pouco do meu leite e isso doia para caramba, eu não tinha muito leite e tinha que fazer força, apertar para sair algumas gotas de leite.
E assim os dias iam passando, conseguia tirar no maximo 60 ml por dia e não era o sufuciente para ele, mesmo assim continuava tentando dar o peito, ele chorava muito e não queria, teve um dia que chorou tanto que o umbigo dele sangrou. Ai fiquei pensando : Meu Deus, por que to fazendo isso? Meu filho ta sofrendo, não ta se alimentando direito, po ele não vai ser pior que as outras crianças por tomar leite artificial não. Eu vou dar e pronto.
Apartir dai os dias foram melhorando, meu filho foi engordando...
Mas não acabou ai a tristeza.
Aquela sensação de estar fracassando como mãe ia me consumindo e eu estava muito triste, se não fosse minha mãe e meu marido principalmente acho que teria entrado numa depressão. Não conseguia tirar da cabeça a imagem daquelas campanhas de amamentação dizendo que meu filho ia ser menos saudável e eu uma péssima mãe se não conseguisse amamentar.
Cada vez que saiamos na rua ou que recebíamos alguma visita era a mesma cena:
- Nossa como ele é lindo e tão gordinho! É só leite de peito né?
- Não, ele não pegou o peito.
- Aaaaah, que pena....Por que vc não insiste mais, toda criança pega, voce não teve paciencia né? (com aquela cara de reprovação , sabe?)
Aquilo pra mim era como um soco na boca do estômago que me deixava com as pernas bambas e ao mesmo tempo me dava uma revolta enorme. Poxa! Essa pessoa não estava na minha casa e não tinha acompanhado cada dia e cada hora em que eu me dediquei de corpo, alma e coração pra que conseguisse amamentar meu filho. E ninguém mais do que eu conhecia o sofrimento e a frustração de não ter conseguido.
Aos poucos fui aprendendo a conviver com isso, aprendi a não me culpar e acreditei que tinha feito o meu melhor, eu sei que fiz o melhor.
Passei a não pensar mais nisso e só presto atenção em como meu filho está crescendo com saúde, engordando e se desenvolvendo como qualquer criança, o momento em que eu o alimento é especial. Há muito amor, cumplicidade e uma imensa troca de carinho e energia mesmo sendo através da mamadeira. E agora quando vamos na rua e vem umas pessoas idiotas cena é assim:
- Nossa como ele é lindo e tão gordinho! ainda mama no peito, né?
- Ai eu digo: Claro, e mama muito!
A pessoa fica feliz e não pergunta mais nada e nem me pertuba com comentario idiota, e eu não me estresso e nem me entristeço.
Hj Pedro é um bebê lindo, saudável e muito esperto. E eu sou uma mãe dedicada, apaixonada e nem melhor ou pior do que qualquer outra mãe que amamente seu filho. Com certeza no meu próximo filho vou tentar tudo de novo, porque acredito muito na amamentação exclusiva e acho que quando ela é possível deve ser sempre a primeira opção.
Essa é a minha história sobre a amamentação, sim uma história triste. Mas através dela gostaria de dar um ombro amigo às mães que tiveram ou tem o mesmo problema mesmo com muito esforço e total dedicação e que se sentiram tão fracassadas quanto eu, mas que eu tenho certeza que são mães maravilhosas de filhos maravilhosos iguais a qualquer mãe que tenha ou não amamentado seu filho exclusivamente até os 6 meses.

41 comentários:

Giovana disse...

Ola querida, a amamentação na maioria das vezes é bastante complicada mesmo, no meu caso o Pedro mamou no mesmo dia em que nasceu, mas eu tive problemas com fissuras, meu bico inflamou teve um pedacinho até que saiu, inflamou e eu quase morria para amamentá-lo, sempre eu chorava, isso durou uns 20 dias e depois td se encaixou e virou um prazer.

Mas olha so, não de ouvido mesmo a essas pessoas insensiveis e sem noção, é como vc disse ninguem sabe o q de fato passamos e nao sabem o que estao dizendo nem se preocupam em ser agradavel, so pensam em julgar.

Sem sombra de duvidas vc nao é pior por nao ter amamentado sua cria, essa não é a unica demonstração de amor, e posso te dizer uma coisa? SEMPRE OUÇA SUA INTUIÇÃO, SIGA SEU CORAÇÃO.... NINGUEM CONHECE SEU FILHO MELHOR DO QUE VOCE, nao isite em fazer algo que ache necessario, só pq nos livros ou o pediatra diga que não, DEUS FALA COM AS MAES E NINGUEM QUER MELHOR SEU FILHO, DO QUE ELE E VC!!!!!

Um beijo grande e cheio de carinho!

Bjs

Carol Carvalho disse...

Amiga adorei sua postagem! Só quem é mãe sabe que não existe nada pior no mundo do que ver o sofrimento do filho. E claro que vc fez o melhor pra ela ao oferecer outras formas de alimentação que não seja o peito. Comigo tbm foi complicado no começo... mas depois encontrei uma solução, que funcionou para mim e já pra vc não... é assim que funciona.. Nem tudo que é bom ou funciona pra um, deve ser bom ou funcionar para outro. Pedro está lindo, saudável, gordinho e bem alimentado, o que é mais importante. Difícil julgar, ou dizer que n se culpou... Mas hj vc sabe lidar bem com a situação e é isso que importa!!!
P.s: queria tanto colocar um pulserinha no braço da Anna Luisa... mas não cabe.. é mto fino =( rs

Bjo em vcs

Mih Fernandes disse...

Olá!
Essa questão da amamentação me preocupa bastante, já ouvi várias histórias de amigas que passaram por maus pedaços nesse período, fiquei bastante assustada...rsrsrrs, mas resolvi não pensar nesse assunto por enquanto e ver o que acontece.
Adorei ver que vc.conseguiu postar no meu blog, vi seu recadinho no blog do meu marido e graças a ele pude fazer a correção no meu (coisas de blogueira iniciante... rsrsrs).
Valeu pelo toque.
Grande abraço!
PS: seu filho é lindo d+!!!

Flavia Guedelha disse...

Dá vontade de mostrar esse seu post para as meninas do E-family. A pouco tempo, vi um tópico lá de uma mãe dizendo pras outras não desistirem, pois quem dá mamadeira é porque desistiu de primeira, blá, blá, blá. Pra quem consegue amamentar com facilidade, não tem idéia das dificuldades que envolvem a amamentação e não é tão simples, como você mesmo disse. A Ana sempre amamentou no peito, mas eu sei que não é fácil, fácil. Fiz um curso na gravidez sobre amamentação e a pediatra deixou claro que a coisa pode não ser fácil. Muita gente criticou e achou exagero eu fazer um curso sobre o tema. Mas como a pediatra mesmo disse, o bebê não nasce sabendo mamar e nem a gente tem noção do que vamos enfrentar.
Pra terminar, nós sabemos de todas as vantagens de o bebê mamar o LM, mas isso não significa que um bebê com LA vai ter mais problemas etc e tal. Exemplo: eu mamei LM, minha inteligência é mediana; meu marido nunca mamou LM, já começou a vida com um mamadeirão de mingau de Maizena, ele é muito mais inteligente que eu...hehehe
O Pedro Henrique está fofo demais, lindão mesmo.

Karol disse...

Oi flor ! Tudo bom ? Tô te seguindo , me segue lá também : www.vidadejovemcasada.blogspot.com

Beijo =*

Mrs_Dalloway disse...

Adorei o post!!! Só quem tem ou teve problemas para amamentar sabe o quanto é difícil... Amamentar na vida real não se parece em nada com aquela cena de novela de mãe com camisola de laise, muito serenamente olhando seu filhote sugando no seio.
Eu tenho que complementar o leite do meu filho desde o 2° dia de vida... E não foi nada fácil aceitar isso, apesar de não me considerar nenhuma xiita da amamentação.
MAs parabéns pela serenidade como vc encarou tudo isso. Eu sempre falo para a pediatra do meu filho: o mais importante é a saúde dele. E isso vc entendeu muito bem!

Beijos

Confissões de uma mãe de primeira viagem disse...

Amiga eu passei pelas mesmas coisas então sei bem como vc se sente!!!
Eu ainda consegui amamentar por 3 meses, e mesmo assim sofri e ainda sofro por não amamentar mais!!

Triste como existem pessoas ignorantes que acham que quem mama LA é inferior ou que a mãe é menos mãe por isso.Se fosse assim como iriam sobreviver as crianças que são adotadas?

bjoos
O Pedro tá lindão,gordinho e fofissimo!!!

Renatinha disse...

Seu post poderia ter sido publicado simultâneamente no meu blog porque sua história sobre a amamentação é idêntica a minha.
Insisti tanto quanto vc, chorei, a Sarah chorou e eu dei LA, depois fiquei me sentindo a pessoa mais fracassada do mundo.
As pessoas me crucificaram tbm e como vc hoje não me importo mais com os comentários alheios porque vejo minha princesa crescendo forte e saudável como todas as outras crianças.

Assim como vc disse, se tiver outro filho pretendo tentar novamente com todas as minhas forças porque sei que LM é a melhor opção, mas não vou enlouquecer como foi com a Sarah não.
Bjus querida!!!

Menina Alice disse...

OI flor,
Faz tempo que não passo por aqui! Correria mil!
Mas não fique triste por conta da amamentação.
Eu também tive um começo muitooooo dificil, Graças a Deus consegui superar e ele mama até hoje, mas não acho que quem não conseguiu não seja uma boa mãe!
Não é somente isso que torna uma mãe melhor ou pior, e sim o quanto ela ama e se dedica ao seu filho!
E isso com certeza vc dá de sobra ao seu pequeno!
As pessoas que criticam são as que não tem nada de melhor para fazer na vida!
Super beijos,
Thalita e JB

Paty Fortunato disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Paty Fortunato disse...

Amiga, q importa mesmo é ver seu bebezinho crescer e se desenvolver com saúde, não é mesmo?
Entende q gera uma frustração danada, a gente se sente impotente por não conseguir alimenta-los através de nós mesmas...passei por isso no começo...
Mas fazer o q? Fique feliz q seu neném, a partir de agora vai ficar gordinho e com as bochechinhas rechoncudas...Ai, que delícia!

Beijocas em vc e no lindo pedro Henrique!

Franciele Galantini disse...

Passando para desejar uma ótima semana amiga..beijocas

Anna Carolina Menta disse...

Oi, Agnes, entendo o que vc passou, porque minha mãe passou por isso e sei que ela sente até hoje, pois nem toca no assunto, só fiquei sabendo através do meu pai, que pediu que eu nem comentasse com ela... e ela não me contou nada ainda!!! Nem vou tocar no assunto, sei o quanto algumas coisas podem machucar.
Eu estou sofrendo com a amamentação do João. Quero manter só o peito, mas está sendo muito difícil...às vezes está tudo certo, ele mama a cada 2 ou 3h e eu sinto que ele está mamando bastante. Mas outros dias ele quer mamar a cada 30 ou 40 minutos, parece que só dorme se estiver no peito e aí não suga direito e eu sinto que começo a ter menos leite,não sei se por essa frequencia ou pelo meu cansaço. Tento usar o spray nasal de ocitocina pro leite fluir melhor, o chá da mamãe... mas tem hora que parece que nada resolve. E pior que as coisas mudam de uma hora pra outra!!! Até 6ª da semana passada estava um paraíso, com mamadas fartas.. aí meu leite empedrou e os problemas voltaram... desde 6ª ele faz apenas "lanchinhos" pra dormir no peito.. e fica inquieto o resto do tempo, não sei mais o que fazer. Vou continuar insistindo, mas confesso que estou me sentindo muito exausta!!!
beijos

Camilinha disse...

oie flor,
tbm não consegui amamentar, a Lizzie pegou o peito mas a dor que sentia era insuportavel toda vez que chegava a hora de mamar era um tormento chorava acabava não amamentando ela direito.
resolvi então dar leite artificial .
hoej me culpo um pouco pq não fui forte e não resisti aquela dor poxa era por minha filha, mas deus sabe de todas as coisas e cada uma sabe seus limites.

bjs

Miguel...Presente de Deus disse...

Eu ainda na maternidade tive dificuldade para amamentar o meu filhotinho,ele chorava muito de fome e já me desesperando,foi quando uma enfermeira que estava de plantão olhou meu sutiã e mandou eu tirar logo,pois ele estava prendendo meu leite,impedindo meu filho de sugar.Sabe aquele sutiã que abre na frente,ficando só o bico do peito de fora?pois é esse mesmo,eu não recomendo a ninguém.

Beijocas em vcs

Carla e Miguel

Carol Garcia disse...

Oi Agnes,
qto tempo!
bom, o grande problemas dessas campanhas é que elas se esquecem da realidade.
ponto.
mostram aquelas "mães vacas leiteiras" com peitola que dá pra amamentar todas as crianças do mundo e se esquecem de casos como o seu, em que a mãe natureza decide que não vai ser assim.
acabam que sendo radicais demais e deixam as mães se sentindo o pior dos seres se não forem dignas de uma cartaz de campanha sobre aleitamento.
consegui amaentar o isaac até o 7º mês, posso não saber exatamente o que vc sentiu e o que passou, mas sou solidária a vc.
e sim, sou a favor do leite industrializado, se ele for a solução para que uma criança cresça bem, feliz e que as mães se desenvolvam sem neuras ou culpas.
bjocas

Taly Watanabe disse...

Agneees q saudade de passar por aqui...
Meu deus como o Pedrinho esta grande e lindoo...a Emily esta dando um chutes aqui enqto escrevo pra vc..rs

Lindo, lindo, lindoo

Realmente essa parte de amamentação me amedronta tb..mas q bom q ja ve isso de uma maneira mais madura..

Fico feliz por ter aprovado o desenho da camiseta..agora é correr e deixar pronto, pois tenho apenas 12 semanas pra usar né?rs

bjinhus pra vcs

Mamãe da Giovanna - MARINHEIRA DE 1ª VIAGEM!! disse...

Ta mesmo um gorducho muito lindo!! É isso, mesmo querida, essa tua atitude comprova perfeitamente a exelente mãe que és...dedicada e sempre arrumando uma maneira de fazer a coisa certa! parabéns e bjkas!!

Nat disse...

Esses dias vi um selinho de mãmães que não conseguiram amamentar que dizia:
Transeferi todo meu amor para a mamadeira!

Achei lindo, e a mais pura verdade!

beijos

mamãe da Júlia disse...

Agnes ... seu filhotinho tah cada dia mais lindo ... entãum sobre a amamentação ...
Antes da minha filha nascer dizia pra todo mundo que naum iria amamentar e tla ...todo mundo jah até tinha aceitado isso como fato , mas menina ... quando ela nasceu ela precisou medir as taxas de glicose e com isso ela tomava Complemento na maternidade a cada 3 h . porém no segundo dia deitei ela do meu ladinho na cama da maternidade e ela ficou procurando o peito com a boquinha ... linda de viver , entaum coloquei o seio na boca dela e ekla sugou sugou rssrrs ...
O leite em si demorou pra descer e até hoje tenho pouco leite, mas o suficiente acrdito jah que ela mama Nan somente a tarde (1 mamadeira de 120ml ) , mas naum sou encucada co isso naum ... dei pq ela quis e da dando certo até agora , mas ela jah toma sukinho , jah come frutinha e assim seguimos a vida...sou muito feliz com minha filhota.... naum se sinta culpada ou frustrada tentwamos sempre o melhor pros nossos filhotinhos mas nem sempre isso eh possivel , mas nem porisso seu filhote eh menos amado por vc tenpa certeza disso .... entaum querida curta muito seu pacotinho lindooo e deixe essas pessoas sem noção falarem o que quiserem ...bjocas ....

Tati Antunes de Andrade Cortes disse...

Oi Agnes.
Como o Pedro é lindo e fofinho, dá uma vontade de apertar.
É, eu não tenho experiencia com isso, mas todos sabem que amamentar é importante, mas se não deu, não deu, Deus sabe o porque de tudo....
Beijinhos!!!

Genis disse...

Nossa, me comovi com sua história e fiquei imaginando tudinho... imagino o que passou... Eu tb sofri bastante pra amamentar meu pequeno, mas consegui. Eu sei como é difícil, amiga.
Um super beijo e seu filho é lindão! Parabéns!

Genis disse...

Voltei! Vou deixar o link sobre amamentação lá do meu blog. Bjs.
http://mamaegenis.blogspot.com/2009/12/da-teoria-para-pratica-amamentacao.html

disse...

Ai miga, tive problemas tb. A Clarinha não mama mais no peito faz um tempinho.

No começo tb fiquei frustrada e os comentários sempre vão existir, mas agora eu nem ligo, como vc disse não somos piores mães por dar leite artificial para os nossos filhos.

Beijossss

selma pereira disse...

Oi Agnes...Olha não fique se culpando não, seu filho é super bem cuidado e saudável e isso que importa. As pessoas não sabem o que dizem quando cobram uma mãe de amamentar um filho exclusivo, cada mulher é diferente da outra, e pra umas dá pra outras não e pronto.

A amamentação é muito fantasiada como se fosse a única coisa que o bebê precisa. Eu tirava leite pro Pedro tomar pela sonda quando ele estava internado e tenho certeza que foi muito útil na recuperação dele, depois mamou mais dois meses no peito, mas sempre com complemento pois não tinha o suficiente. Depois tive que parar de vez por causa da minha pressão que estava alta e tive que tomar medicamentos. Não me sinto culpada, fiz tudo o que pude e hoje ele tá bem saudável, graças a Deus.

Bjs.
Selma

Alê disse...

Amiga, minha experiência foi muito, muito similar à sua... Se puder, visita nossa casinha e leia a postagem "nascimento e Amamentação"... está em meados de Setembro de 2009... Muita mãe me escreveu e-mails agradecendo... Acho que a sua postagem vai ajudar muitas tbém... Beijoks.

Vanessa Dias disse...

É isso aí Agnes !!!
Vc tentou amiga, e isso é muito, tem muitas mães q desiste logo e outras q nem tentam. Vc foi guerreira e tentou, mas fez o melhor pro seu filho, n deixou ele com fome, priorizou o melhor naquele momento. Esqueça as campanhas o q vale é seguirmos o nosso coração de mãe.
Eu amamentei, mas nunca critiquei quem n conseguiu e nem mesmo as q n quiseram, cada mãe sabe o q é melhor para seu filho e vc com certeza sabe tb.
Um bjo grande em vc e no xarazinho do meu filho.

Jéssica Araújo - Gravidíssima disse...

Sabe que eu tbm tenho medo da amamentação. Tenho medo de doer, de nao conseguir, enfim... só o tempo mesmo né? Beijo

Mãe Mochileira,filho malinha.. disse...

Olha..na boa,n ligue p isso!! sei que todo mundo "nasce" ouvindo que é melhor para o bb e tal..mas o melhor para cada bebe é aqulo que a sua mãe faz,desde que seja com AMOR! e isso vc dá de sobra para ele,tenho certeza!!tb me chateio ate hoje qndo as pessoas escutam eu falar que ele nasceu de cesaria..ora..logico q eu queria o melhor p ele,o melhor p mim..que mãe não quer?? mas não deu..assim como n deu p vc amamentar..e somos tods felizes..cad aum do seu jeito!
vc é uma mãe maravilhosa,n tenho duvidas disso!!!
Bjs,otima quarta!!! ;-)

An@ Paul@ disse...

É miga.. Entendo bem seu desabafo, pois o maior medo de qualquer "mae de verdade" é o de não conseguir amamentar! Nossa... Eu morria de medo, mas graças a Deus deu tdo certo... Mas óbvio q na primeira semana não e nd facil, da aquela vontadezinha de complementar com a mamadeira... ainda + q o Pietro mamava pouquissimo, e cada vez o bico doia mto. Oq me ajudou a enfrentar a dor foi o bico de silicone, q usei por alguns dias e entao comecei e intercalar, usava uma mamada sim e outra não... Assim meu peito foi sarando e ficando acostumado!
Eu tbm me sentiria um bagaço caso não conseguisse sabe.. E ate hj agradeço todos os dias a Deus por ter conseguido...
Mas Deus sabe q vc tentou e é isso q importa! Seu filho ta ai, bem lindao, fortão e abençoado!

Beijossss

Manu Paz disse...

É amiga, vc sabe que as nossos histórias são bem parecidas neste assunto... Eu tbm ainda quando vejo aquelas campanhas me entristeço, e ainda sinto um pouco de culpa, mas eu tbm me dediquei e empenhei, mas o meu leite não vinha... As pessoas me criticam ainda, e chegaram até me dizer que Sophia ficou gripadinha pq eu não amamentei. Pense? Me senti péssima e arrasada. Por vezes ainda choro, e ainda me culpo. Mas Deus conhece o intimo do meu coração. O que importa mesmo é que ela está com saúde!
Igualzinho fazem qdo eu digo sobre o parto cesário... Ai dizem: Ah vc tá boa né? Eu preciso dar toda a explicação que eu tive pressão alta, e corria riscos e tals... Mas sinceramente cansei viu amiga!!! Agora mesmo cheguei da ksa de minha mãe, e minha tia veio me dizer cheio da razão que é pra eu parar de dar leite a ela, e dar mingau já...e arroz e feijão... Pense? Eu disse: Sophia tem apenas 4 meses e eu decido o que é melhor pra ela. As vezes parecemos grosseiras, mas as pessoas tem que se tocarem e se colocarem nos seus devidos lugares... Afff tá parecendo um post, mas é que esse assunto me revolta mesmo!

Bjão

Lais disse...

Eu te entendo perfeitamente porque passei por algo muito semelhante! Esse povo é intrometido demais, chega a dar raiva mesmo. Ainda mais porque vc, assim como eu, é nova e tem cara de mais novinha ainda (tipo adolescente) e as pessoas já julgam sem nem saber de nada que vc passou. Acham simplesmente que vc não amamentou porque não quis. E mesmo se fosse isso, é da conta de alguém?
Mas o importante é que nossos bebês são saudavéis. O leite materno é importantissimo sim, mas ninguém vai morrer sem ele. Meu filho vai completar 7 meses essa semana sem sequer ter tido uma gripe! Pra mim é isso que importa. O que os outros acham não me interessa.

Beijão pra vc e pro Pedro!

CAMILLA FLOR disse...

FLOR ME ADD, TB SOU MAE NO MEU CASO DE UMA BONECA DE 7 MESES
VC IRA GOSTAR DO MEU BLOG !!! RSR BJOSS

Karol disse...

Oi amiga! Seu bebê cresce cada vez mais forte,saudável,e o que é mais importante além disso se tratando da alimentação? Só curtir o desenvolvimento desse bebezão tão lindo de dá gosto!
* vontade de ter um filho *

-

E quanto ao seu coment no meu post,sempre penso em ter um baby amiga,mais sabe né?Tô esquecendo o ac quase todos os dias,dai já sei onde isso vai dar,hoho.

Beijo =*

Camila disse...

Obrigada pela visita em meu blog. Passe sempre por lá... Seu bebê é lindo.
Beijocas

Mamãe do Kevin disse...

Pois é , falta 5 semanas ,
pode deixar que vou coloca fotos do nosso chá sim (:
Bjs !

Carolina Rodrigues disse...

Oie amiga e assim mesmo tem que confiar em DEus que tudo vai dar certo, e ele sempre tem o melhor pra nos.!!!:)
beijinhos miga

Thais disse...

clap.

Beca Bricio - Mulher que pariu disse...

Olha não se sinta mal pelos outros, pois ninguém sabe o que passa com você!

Li teu relato e aconteceu um pouco parecido comigo.

Meu pré parto foi bem estressante, 2 dias antes dele nascer o meu obstétra não ia ficar a minha disposição por eu ter escolhido parto normal e isso me deixou bem estressada para o parto, sabe e com a amamentação foi outro estresse, meu leite só saiu no 4°dia de vida dele, eu pirei, chorava horrores, me sentia super impotente, sabe e eu só teria alta se ele mamasse. E eeu menti para poder ir para casa. Eu oferecia nan e aptamil p/ele não morrer de fome e p/ meu desespero ele botava tudo p/ fora e ficava com fome.

Mas consegui que ele sugasse, estimulei bastante a sucção dele...

Beca Bricio - Mulher que pariu disse...

e com a ajuda da bomba elétrica+plasil+ocitocina no nariz o leite finalmente saiu. E assim como você, sofri muito até ele mamar!

E o pior q ele foi perdendo peso, e assim q começou a mamar engordou a pampa.

Tanto q a pediatra veio com um papo de que ele estava muito pesado e tinha q emagrecer, mas como fazer dieta num bebe que mama no peito ... louca,né?

Parabéns pelo blog, parabéns pelo filhão!

Juliana Carlantonio disse...

Nossa, tô passando por esse momento agora....meu bebê está com 2 meses e 11 dias e eu continuo sentindo MUITA dor...já tentei de tudoo...e nada..
Parabéns pelo depoimento...só a gente sabe a dor e a felicidade de ser mãe.
Seu filho é lindo!!
Abs